Tulipa (Elegância)

As tulipas são originárias da Turquia e não da Holanda, como o senso comum leva a imaginar. Foram levadas para os Países Baixos em 1560 pelo botânico Conrad Von Gesner. O nome da flor foi inspirado na palavra turco-otomana tülbend, posteriormente afrancesada para tulipe, que originalmente significa turbante, considerando a forma da flor invertida.

Algumas referências defendem que as tulipas seriam originárias da China, de onde foram levadas para as montanhas do Cáucaso e para a Pérsia.

Chinesas ou turcas, o facto é que elas se transformaram numa paixão para os holandeses e essa paixão foi tanta que gerou até uma especulação financeira envolvendo os bolbos desta planta, chegando a ser a quarta maior fonte de renda do país, no que ficou conhecido como mania das tulipas (ou tulipamania). A área mais antiga de cultivo de tulipas nesse país é a que circunda a cidade de Lisse. Hoje, é a flor nacional da Turquia (é nativa lá) e do Irão.

 

Camélia (Perfeição)

Camellia é um género de plantas da família Theaceae que produzem as flores conhecidas como camélia (e em algumas regiões de Portugal como japoneira). O género camélia inclui muitas plantas ornamentais e a planta do chá.

O género foi descrito pelo naturalista sueco Carl von Linn na sua obra magna Species Plantarum, e assim designado em homenagem ao missionário jesuíta Georg Kamel. Algumas espécies deste género pertenciam ao género Thea, mas este epíteto foi sinonimizado com Camellia quando se observou que as Camellia e Thea não apresentavam qualquer diferença significativa entre si.

Esta planta apresenta cerca de 80 espécies nativas das florestas da Índia, Sudeste Asiático, China e Japão. São arbustos ou árvores de porte médio, com folhas coriáceas, escuras, lustrosas, com bordas serrilhadas ou denteadas. Apresentam flores vistosas, brancas, vermelhas, rosadas, matizadas, ou raramente amarelas, algumas tão grandes quanto a palma da mão de uma pessoa adulta, outras tão pequenas quanto uma moeda. Certas espécies exalam suave perfume. Os frutos são cápsulas globosas, que podem variar entre o tamanho de um amendoim ao de uma maçã, com cerca de 3 sementes esféricas.

 

Cravo  (União)

O cravo é uma planta herbácea, pertencente à família Caryophyllaceae, género Dianthus, que alcança até um metro de altura. As suas flores são denominadas cravos. Uma característica desta planta, além da forma peculiar de suas flores, é o caule direito, com várias ramificações. As flores apresentam muitas tonalidades, do branco ao vermelho, passando pelo amarelo e pelo rosa.

À mesma família das cariofiláceas, pertence a cravina ou cravo-bordado, cujas pétalas abundantes emergem do seu cálice verde e tubular. Nos trópicos a cravina só se reproduz em grandes altitudes. A espécie Dianthus fiambriatus, originária da Europa, é cultivada em grande escala na América do Sul.

Certas variedades exalam um aroma delicado, motivo pelo qual são utilizadas na fabricação de perfumes. Os cravos reproduzem-se por meio de sementes, e necessitam de solo quente, sem excessiva humidade.

 

Girassol (Força e Integridade)

Os girassóis são plantas originárias da América do Sul; cultivados pelos povos indígenas para alimentação.Um fóssil belissimamente preservado de uma flor de 50 milhões de anos atrás, parente ancestral do girassol e da margarida, foi encontrado na Argentina e sugere que essas plantas podem ter florescido pela primeira vez na América do Sul, disseram cientistas. Fósseis da família Asteraceae, ou aster, são difíceis de serem encontrados e a maioria é formada apenas por grãos de pólen. No entanto, cientistas argentinos encontraram um fóssil com duas inflorescências primitivas que apresentavam algumas características da família aster.

 

Gladíolo (A vitória)

Gladíolo é o nome comum das plantas bulbosas floríferas do género Gladiolus (do latim, diminuitivo de gladius, espada) da família iridaceae.

O género Gladiolus contém cerca de 260 espécies, das quais 250 são nativas da África subsariana, principalmente da África do Sul. Cerca de 10 espécies são nativas da Eurásia. Existem 160 espécies de gladíolos endémicos do sul da África e 76 da África tropical. As espécies variam desde muito pequenas até às espectaculares espigas de flores gigantes disponíveis no comércio.

São largamente cultivadas no mundo inteiro, por causa dos seus cachos altamente decorativos e que têm grande valor comercial.

 

Glicínias (Ternura)

A glicínia (wisteria sinensis) é uma planta trepadeira com flores de cor lilás e azul, em forma de cachos pendentes. Estas flores são também conhecidas pelo mesmo nome, glicínias. O crescimento das gilcínias é lento a moderado e pode levar anos para que se torne ao florescimento. Porém, tem uma grande longevidade, chegando a viver até 100 anos.

É muito adequada para cobrir arcos, pérgulas, portões e caramanchões, conferindo um ar romântico e nobre à paisagem. Por ser vigorosa não é indicada para estruturas de apoio frágeis. Também pode ser conduzida como arvoreta, que se caracteriza por um tronco ondulado e uma copa aplainada. É comumente utilizada para o plantio em vasos e formação de bonsai. A época de florescimento varia de acordo com o clima e a região onde está estabelecida.

 

Muguet (Felicidade)

Candidíase ou maio aftas (majalis Convallaria) é uma planta herbácea, de regiões temperadas, com flores na primavera, pequenas e brancas, aglomerados forma de sinos muito perfumadas. É uma planta tóxica. Na zona temperada Europeia, floresta, onde a sua presença é natural, seria (com pervinca) um bom bioindicador da antiguidade e da naturalidade da floresta.

Segundo a classificação tradicional, é parte da família Liliaceae.

De acordo com a classificação filogenética, é parte da família Ruscaceae ou Asparagaceae (que havia colocado primeiro na família Convallariaceae).

 

Nardo (Tranquilidade)

O Nardo Botânica. Gramínea comum nos prados.

Perfume extraído de uma valerianácea, o nardo-da-índia.

 

Orquídea (Perfeição)

Orquídeas são todas as plantas que compõem a família Orchidaceae, pertencente à ordem Asparagales, uma das maiores famílias de plantas existentes. Apresentam muitíssimas e variadas formas, cores e tamanhos e existem em todos os continentes, exceto na Antártida, predominando nas áreas tropicais. Majoritariamente epífitas, as orquídeas crescem sobre as árvores, usando-as somente como apoio para buscar luz; não são plantas parasitas, nutrindo-se apenas de material em decomposição que cai das árvores e acumula-se ao emaranhar-se em suas raízes. Elas encontram muitas formas de reprodução: na natureza, principalmente pela dispersão das sementes mas em cultivo pela divisão de touceiras, semeadura in-vitro ou meristemagem.

 

Papoila (Fertilidade e sonho)

A papoila ou papoula é uma flor da família das Papaveraceae, abundante no hemisfério norte, cultivada para ornamento, ópio ou comida.

Com relação à sua reprodução, o ovário da papoila localiza-se acima do receptáculo inserindo-se os estames e pétalas abaixo dele.

Nota: Apenas foi feita uma pequena pesquisa sobre algumas flores referidas no conto.

About these ads